O Teatro Odéon

O Hotel des Saints Pères lhe propõe um mergulho nos bastidores do Théâtre National de l’Odéon, em pleno coração do 6° distrito de Paris e situado logo ao lado do Jardim do Luxemburgo.

X
Book your stay
1 Adulto
0-11 anos
0-3 anos
Sem custos para as crianças de menos de 12 anos de idade
Entre em contato com a nossa recepção
para maiores informações
+33 (0)1 45 44 50 00 Custo das ligações locais
l'hôtel des saints pères théâtre de l'odéon 2

Construído em 1782, o mais antigo teatro-monumento de Paris abriga verdadeiras maravilhas arquitetônicas. Com uma programação ao mesmo tempo clássica e contemporânea, nele se apresentaram os maiores autores, tais como Barrault, Serreau ou Lavaudant.
 

Um teatro nacional

Construído sobre a antiga localização do Hotel de Condé, pelos arquitetos Charles de Wailly e Marie-Joseph Peyre, o teatro Odéon faz parte, juntamente com a sala « Les Ateliers Berthier », situada no 17° distrito, do Teatro da Europa. O Odéon é um dos seis teatros nacionais desde 1971, juntamente com o da Comédie-Française, o da Colline, de Chaillot, de Strasbourg e, finalmente, com o da Opéra-Comique. Ele encontra-se situado a somente 15 minutos a pé do Hotel des Saints Pères

O lado de fora do edifício, de estilo neoclássico, inspira-se em monumentos da Antiguidade Grega, com suas formas cúbicas, suas colunas e arcadas. Trata-se de um teatro “à moda italiana”, com uma sala em meio-oval. O teatro fora classificado como Monumento Histórico desde 1947. O teatro Odéon apresenta peças de autores clássicos e contemporâneos, tais como Serreau, Gémier, Barrault, Giorgio, Strehler ou Georges Lavaudan. A instituição é conhecida por ser uma sábia mistura entre o classicismo e a modernidade, sendo este o elemento principal do seu grande sucesso.

 

Maravilhas arquitetônicas


O teatro abriga um vestíbulo que se abre face a duas escadas majestosas de pedra. No alto, o Grand Foyer apresenta esculturas de Racine e Corneille, bem como quadros em perfeita harmonia com o espírito do local.

A sala de espetáculos, quanto a ela, é a primeira sala parisiense a ter pensado em instalar bancos para que os espectadores pudessem se sentar. As poltronas vermelhas destacam a época em que o teatro pertencia à Comédie Française. O teto da sala é simplesmente esplêndido, realizado por André Masson e elaborado com base no tema de Apolo-Sol. Também encontramos as figuras de Ésquilo, Aristófanes, Shakespeare, Kleist e Claudel, que simbolizam a comédia e a tragédia. Ademais, ainda são apresentadas na cena as três atitudes da vida: o júbilo, a dor e a meditação. 

Finalmente, o salão Roger Blin, transformado em 1967, por Jean-Louis Barrault, em mini teatro, hoje é um espaço de leituras, pois abriga a livraria do teatro, sendo também um ponto de encontro dos apaixonados. Seu nome se refere a este grande realizador que trabalhou, nomeadamente, no Teatro da Europa (Théâtre de l’Europe). 

Os favoritos da equipe

Diptyque
Velas e perfumes com aromas requintados, que você poderá levar para casa dentro de uma sacolinha branca chiquérrima, estampada com o logotipo preto da loja. 100% Saint-Germain-des-Prés !
34, boulevard Saint-Germain – 75005 PARIS
01 43 26 77 44
Visite o website
Le Christine
Na rue Christine, o chef reinventa a culinária tradicional francesa para o grande prazer dos clientes.
1, rue Christine – 75006 PARIS
01 40 51 71 64 – Menus : 34€ / 40€ / 58€
Visite o website